5.03.2009

Poema da pinga

Pra curar uma paixão, beba pinga com limão;
Pra curar sua amargura, beba pinga sem mistura;
Contra dor de cotovelo, beba cachaça com gelo;
Contra falta de carinho: cachaça, cerveja e vinho!
Se brigar com a namorada, beba pinga misturada;
Se brigar com a mulher, beba pinga na colher;
Quem dá amor e não recebe, mistura todas e bebe;
E se alguém te faz sofrer, beba para esquecer!!!
Pra curar seu sofrimento, beba pinga com fermento;
Pra esquecer um falso amor, beba pinga com licor;
Pra acalmar seu coração, beba até cair no chão;
E se a vida não tem graça, encha a cara de cachaça!!!
Pra você ganhar no bicho, beba uma no capricho;
Pra ganhar na loteria, beba pinga na bacia;
Pra viver sempre feliz, beba pinga com raiz;
E se você não tem sorte... beba pinga até a morte!!!
Se essa vida de cão só te faz sofrer........o remédio é beber...

2 comentários:

José disse...

Clara,

Gostei de montão do seu poema da pinga. Já mandei até pra alemanha. Aproveite pra ir pro http://www.donadecasaquasedesesperada.blogspot.com/

e leia o "Eu preciso dizer que te amo" do Leo Jaime.

Do Tio esquecido em Guaxupé. (Sem duplo sentido!)

Fernanda disse...

haushaushaushaushaushaus
Confesso que me identifiquei. Cachaaaaaçaaa! Nunca fico de ressaca porque to sempre bebada xp.

Comentem la no meu blog: http://omundodefernandalopes.blogspot.com/